Blog Tecnoarte

Os desafios do médico empreendedor

Além de conciliar os livros de medicina às ferramentas de administração, a trajetória do médico empreendedor envolve outros diversos desafios. Descubra quais!

Mesmo que tenha grandes planos e ideias para seu negócio, colocá-los em prática pode ser, às vezes, um grande desafio para o médico empreendedor.

Quando observarmos de perto algumas clínicas e consultórios que não conseguem ter uma boa gestão, nem manter cheia sua agenda de pacientes, percebemos que conciliar habilidades médicas e práticas de administração nem sempre é uma tarefa fácil para os profissionais que desejam empreender na área da saúde.

Mas, então, como alcançar o sucesso atuando simultaneamente como médico empreendedor? Em primeiro lugar, é fundamental lidar com os principais desafios dessa jornada:

Definir objetivos e metas

Antes de qualquer decisão, elabore um planejamento estratégico com objetivos e metas de produção e lucratividade bem definidos.

Reflita: o que você deseja alcançar nos próximos meses? Com essa resposta, trace metas REALISTAS para você e sua equipe. Lembre-se, metas sem planejamento são apenas desejos!

Adaptar-se à rotina multitarefa

Sem dúvida, não é fácil conciliar a rotina acelerada de consultas às outras diversas atribuições que surgem quando se começa a administrar um negócio.

Além dos cuidados com os pacientes, o médico empreendedor ainda precisa se preocupar com a compra e manutenção de equipamentos, o preço das consultas, a estrutura física e limpeza do consultório, a postura dos colaboradores, entre outros muitos detalhes.

Buscar educação financeira

Mesmo que empreendedorismo não seja sua área de expertise, é fundamental aprender o básico sobre gestão financeira. Para isso, atualize-se sobre o assunto com cursos e livros. Lembre-se, entender seu negócio é fundamental para manter-se sempre à frente!

Focar em boas contratações

Para contar com uma boa equipe, unida e coesa, é primordial alinhar os perfis dos funcionários.

É um erro comum lidar com todos da mesma forma. Os colaboradores são diferentes e entender que cada um tem uma necessidade específica é muito importante. Só assim você saberá como motivá-los e mantê-los satisfeitos.

Investir em tecnologia e gestão de qualidade

Para manter em alta qualidade os serviços e o atendimento do seu consultório, investir em um sistema médico pode ser uma boa estratégia.

Além de agilizar processos, evitar erros e facilitar agendamentos, ele estreita a comunicação com os pacientes, confirmando consultas via mensagens e enviando e-mails em datas comemorativas, por exemplo.